terça-feira, 8 de março de 2016

Não fosse a mulher...

... o furacão que é não teríamos chegado aos dias de hoje.
Por isso nos chamam de melgas, galinhas, peruas, leoas, papagaias... e por aí segue o manancial de nomes.
Que daqui a uns anos hajam ainda mais nomes para nos chamar.
Será sinal de que conquistámos mais terreno igualitário, mais justiça e fizemos ainda mais História.
Que o mundo de amanhã seja um lugar melhor para a mulher que ajudo a crescer todos os dias (a minha filha) e todas as mulheres que serão o amanhã.
Feliz Dia das Mulheres Hoje e o resto do ano

segunda-feira, 7 de março de 2016

Batota! Dias 4, 5 e 6!


Batota, eu sei! 
Era suposto ser uma música por dia,.. e não estou a conseguir cumprir o desafio!
Ainda assim fica esta música que cada vez canto mais e me serve de inspiração.
Não esqueço os problemas, mas relativizo-os e sigo em frente porque a vida é linda e demasiado importante para se perder tempo com que não vale a pena. 
Fazer esta triagem nem sempre é fácil... mas tal como um e-mail que recebi hoje o lema é: amarmo-nos e aprender a estabelecer limites: "sem limites não há compaixão e sem limites não há empatia."
Boa semana :)

sexta-feira, 4 de março de 2016

Dia 3 - O tempo não pára


A música que marcou o meu regresso a Portugal e cuja letra faz cada vez mais sentido no que diz respeito ao modo como olho a vida e desejo vivê-la.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Dia 2 - 2ª Música

Atrasada no desafio que me coloquei, mas com a música na cabeça.
Esta música tornou-se numa das músicas da minha vida, por uma série de coincidências, aquando os dias mais tristes da minha vida.
Sinto-a desde então como uma mensagem...e a verdade é que ela surge do nada quando ando mais pensativa e em tomadas de decisão.
Até a Joana a canta e adora sem saber o que significa para mim.
Desde ontem que penso na música e esta manhã a minha filha brindou-me com ela, enquanto nos preparávamos para sair de casa.
A verdade é que este "shine bright like a diamond", só me diz que tenho de manter a minha luzinha interior acesa e não deixar que nada nem ninguém a apague.

quarta-feira, 2 de março de 2016

Bem-vindo Março

Março chegou com um belo dia de sol e eu entrei em contagem decrescente para chegar ao último ano da década de 30.
Como o número me está a fazer confusão, apenas porque sinto o tempo a voar... e porque como não tenho escrito e tenho de o voltar a fazer decidi colocar me um desafio: Até ao meu aniversário no fim do mês vou ter de partilhar uma música por dia que me diga algo. 
Começo por esta que não me sai da cabeça. 
A minha vida tem sido um bico de obra mas continuo e continuarei sempre a aproveitar tudo ao máximo.