domingo, 28 de julho de 2013

Bom Domingo

O que é que é preciso para viver? Acreditar sempre que o sol vai brilhar.


terça-feira, 23 de julho de 2013

Frasco vazio...

... Coração cheio.

É assim que a nossa menina (sim, porque já o é!) ficou na partida do pai.
No aeroporto disse-me: "Mãe, não me sinto nada feliz. Não gosto nada de aerportos". Expliquei-lhe que a partida do pai é um bom motivo e que o aeroporto também serve de partida a coisas boas. E que mais dia menos dia, somos nós a ir de avião rumo a outra fase da nossa vida.
Entendeu e sorriu: "Quando chegarmos a casa vou já usar um dos beijinhos que o pai deixou".
Na véspera quando estávamos a fazer a mala pegou numa peça de roupa dela e em outra minha e levou-as ao pai: "Toma para cheirares quando tiveres saudades nossas". Ficámos emocionados e sem palavras para este gesto lindo da nossa menina de 4 anos e meio. Em troca o pai de manhã deu-lhe um frasco cheio de beijos para ela colocar ao lado da cama e usar quando sentir saudades. Feliz com o frasco vazio na mão - porque só disto são capazes as crianças - disse de imediato: "Quando acabarem a mãe liga o skype e tu voltas a encher o frasco, ok, pai?".
A resposta só podia ter sido um sim emocionado e deliciado.
Regressadas do aeroporto usou os beijinhos, ofereceu um a mim e outro à avó depois de perguntar se tinhamos saudades. Ao fim do dia alertou para que já não haviam muitos no frasco e que hoje seria preciso enche-lo de novo.
A cada partida a nossa menina mostra-se mais crescida, mais amorosa e de coração cheio. Orgulhamo-nos de conseguir nestas fases mais complicadas ajudá-la a sorrir e a sentir amor. Orgulhamo-nos das lições que este pequeno ser de 102cm nos dá, mostrando que a vida se enfrenta com o que temos no coração. E o que temos no coração? Tudo o que quisermos. A opção entre a alegria e a dor, nem sempre é nossa, mas somos nós quem decide quem fica em primeiro lugar.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Mais um Até já..

Mais uma etapa. Unidos e a lutar contra a saudade, entramos em mais uma etapa da conquista a que nos propusemos.
Força meu amor.

domingo, 14 de julho de 2013

A minha Ninocas faria hoje 10 meses. Fez ontem 6 que partiu para onde só a posso tocar com o meu amor infinito. O sorriso desta foto alegrou-me tanto e é o que guardo e lembro sempre que luto contra a tristeza.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Pedaços de mim...

Conheci esta música no meu curso de songwritting. Adoro-a. Tudo se encaixa perfeitamente. A letra não me diz nada até ao refrão. Pensei tanto na minha Leonor quando ouvi esta música pela primeira vez e não me canso de a ouvir. Só agora a consegui encontrar no youtube. Espero que gostem tanto como eu.

Amor

Quando se ama de alma e coração, o amor não morre reiventa-se.